Famílias atendidas em Porto Seguro desde 2008:
15.039


As vítimas econômicas da crise são os mais impactados pela crise.

    PORTO SEGURO SEM FOME - A FOME NÃO É FAKE


    Não bastasse a tragédia que é o impacto direto na saúde da população que está contraindo o Coronavirus e a provável explosão de casos quando ela atingir comunidades em risco social devido a altíssima densidade, aglomeração e falta completa de serviços sanitários, o aspecto do impacto econômico que esta crise causa pode ser ainda mais brutal que a própria doença.

    Centenas de milhares de famílias nos grande centros urbanos do país, que dependem de trabalho informal ou trabalhos pontuais estão totalmente desamparados neste momento. A cada semana que passa com a necessidade de fechamento de empresas e locomoção estas famílias estão, pouco a pouco, sofrendo a crise da pior forma, ou seja, sem qualquer ajuda financeira para que possam sobreviver.

    Se de um lado é muito importante que se respeite as regras impostas pela OMS e governos locais, é mais importante ainda pensar em como essas comunidades, que são a maioria da população do país, vão sobreviver a este período. Muitas famílias podem sobreviver ao Coronavirus mas não à fome, por exemplo.

    Nesse sentido, a Ação da Cidadania está intensificando sua atuação de distribuição de alimentos por todo o país e apela a sociedade civil e setor privado que nos ajude a levar o mínimo de dignidade para estas famílias tão atingidas pela grave crise de saúde que o mundo passa.




    História

    • ” A cultura apareceu para construir no campo arrasado, para levantar do chão tudo que foi deitado. O que importa é alimentar gente, educar gente, empregar gente. E descobrir e reinventar gente é a grande obra da cultura. Uma obra que será nossa. Será porque a cultura continua a pensar, discutir, reunir, transformar. A arte sabe e quer dizer mais, muito mais. A arte tem o poder de transformar, nem que seja primeiro na ficção, na imaginação.”
  • Herbert de Souza (Betinho)

  • Em 2018, a Ação da Cidadania completou 25 anos. Muita história, muitas conquistas e muitos desafios novos.
    Conheça ano a ano, nosso trabalho e realizações.

    Venha fazer parte dessa bela página da História do Brasil.



Quem tem fome, tem pressa.

  • Com essa frase, Betinho definiu o ideal que fundou a Ação da Cidadania contra a Fome e a Miséria. Depois de anos de trabalho e dedicação, muita coisa já mudou. Mas ainda há muito o que fazer. Junte-se a nós.

A Ação da Cidadania nasceu em 1993, para ajudar 32 milhões de brasileiros que estavam abaixo da linha da pobreza. Hoje, vinte anos depois, sensiilizada a sociedade, efetivados programas dos governos Federal, estaduais e municipais, muita coisa mudou. Mas o Brasil ainda tem fome. Os movimentos sociais nas ruas têm demonstrado isso com uma retórica irrefutável.

E você tem fome de que?


Comitê Porto Seguro e Sul da Bahia


Atuante desde 2008, o comitê inIciou suas atividades em Arraial d'Ajuda - Porto Seguro, com a "Mostra Livre de Arte e Cultura", um evento cultural que criou espaços de manifestação, divulgação e sinergia das expressões artísticas e culturais populares da região, contribuindo com o resgate da cultura local e a construção da cidadania.

A literatura é utilizada como expressão de integração. 

A Mostra Livre e o Baile da Cidadania, fazem parte dos projetos da Aão da Cidadania no Sul da Bahia e já está inserido no calendário da região, tendo mobilizado em 10 anos de existência, diversos parceiros e artistas: Armandinho Macêdo, Baby do Brasil, Banda Diamba, Ramanaia, Sérgio Boré, Grupo de Capoeira Sul da Bahia, Ari Sobral, Arte e Vida, Índios Pataxó, grupo Afro Omulu Brasil (hoje Grupo Africanidade), Circo do Piter, Casa de Arte São Francisco, entre outros.



Saudações solidárias,
Eduardo Jacaré, pioneiro da Ação da Cidadania em Porto Seguro e Sul da Bahia
suldabahia@acaodacidadania.tur.br

Linha do tempo

  • HISTÓRIA DA AÇÃO NO SUL DA BAHIA

  • 2008

    Porto Seguro Sem Fome - Arraial Cenário - Mosta Livre de Arte e Cultura

    Mestres de Cerimônia:
    Arte Com Vida


    Atividades ludico-educativas:
    Dra. Alessandra Cantalogo (fisioterapeuta)


    Espaço Musical:
    Ari Sobral
    Dahiana Dias e Edu Casado (violão e voz)
    DJ Lico Fernandez
    Fran Alex (violão e voz)
    Muçanguetto (afro-percussão)


    Espaço de Leitura:
    Aos Sinos dos Anjos Art Hotel (Espaço de Leitura Ação da Cidadania)


    Espaço Contação de História:
    D'Alva Maria Baptista


    Espaço Poesia:
    Hugo Renoult


    Espaço Teatro:
    Sol Faria


    Espaço Cultural:
    Brasil Chama África
    Grupo de Capoeira Sul da Bahia - Mestre Raílson
    Índios Pataxó

    Espaço de Artes Plásticas:
    Bigu & Liu
    D'Alva Maria Baptista
    Diamante
    Geraldo Casado


    Espaço Oficinas:
    GPS (modelagem em argila)

  • 2009

    19/12 - Porto Cenário - Mosta Livre de Arte e Cultura
    20/12 - Porto Cenário - Mosta Livre de Arte e Cultura

    Abertura com apresentação de capoeira

    Contação de história
    Teatro de Bonecos - Tino e Tina
    Oficina de fotografia
    Oficina com reciclável
    Oficina de Cordel
    Gincana ambiental
    Grupo Afro Omulu Brasil - Infantil
    Apresentação Circense e oficinas
    Pula pula
    Algodão doce
    Pipoca
    Presença do Papai Noel

  • 2010

    O evento aconteceu dia 23 de dezembro no centro do distrito de Arraial d'Ajuda, mais uma vez com o propósito de entretenimento, resgate cultural e cidadania. Foram arrecadados 160 brinquedos e 90 livros.

    Mestre de Cerimônia: Palhaço Calcinha Caída

    Professor Dentinho: Capoeira e Puxada de Rede (crianças do Bairro Santiago)

    Teatro, Circo, Dança, Contação de Histórias
    Parque inflável: Pula Pula, Escorrega, Piscina de Bolas

    Palco aberto para shows e homenagens:

    Ari Sobral

    Sérgio Boré - Tambores Urbanos

    Diamba - Música Reggae diretamente de Salvador

    Banda Nova e o Escaravelho

  • 2011

    Reggae e praia

    Mestre de Cerimônias: Palhaço Arraial
    18:00: Chegada de Papai Noel
    18:30: Apresentação de Capoeira
    18:50: Teatro de Bonecos Cia Tino e Tina
    19:30: Casa de Artes São Francisco (Sol Faria)
    20:00: Grupo Omulu Brasil Infantil (Dick Rei)
    20:30: Circo do Piter
    21:30: Casa de Versos

    22:00: Palco livre
    23:00: Banda Ramanaia (Reggae)

    Oficinas:
    GPS Gil (argila)
    Jacobina (artes aquarela)
    Reciclagem Fabiano (artes fluor)

  • 2012

    Carnaval: 1º Baile da Cidadania

    O Carnaval sem Fome chega em Porto Seguro

    Mostra Livre de Arte e Cultura em dezembro

    Show de Armandinho Macêdo

    .

  • 2013

    2º Baile da Cidadania e Show de Armandinho Macêdo

    O Carnaval sem Fome visa incentivar o exercício da cidadania nos foliões por meio de doação de alimentos não perecíveis durante o período carnavalesco.

    O evento é gratuito promovido pela Ação da Cidadania e oferecido pelos hotéis, pousadas e comércio local do Município. Os mesmos colaboram com as doações. As doações são entregues para a Ação da Cidadania e repassadas para as lideranças comunitárias.

    A cidade consolida um grande atrativo para o calendário cultural e centenas de famílias são beneficiadas.

  • 2014

    3º Baile da Cidadania com Armandinho Macêdo comemorando 50 carnavais

    Evento aconteceu em Arraial d'Ajuda - Rua do Mucugê - Praça Caminho do Mar

  • 2015

    4º Baile da Cidadania e Show de Armandinho Macêdo e Baby do Brasil

    Evento aconteceu em Arraial d'Ajuda - Rua do Mucugê - Praça Caminho do Mar

  • 2016

    5º Baile e 6º Baile da Cidadania com Armandinho Macêdo

    Apresentação de Armandinho macêdo em Arraial d'Ajuda e Santo André

  • 2017

    Show de Nengo Vieira

    Evento aconteceu em Santa Cruz Cabrália

  • 2018

    10 ANOS DE CIDADANIA EM PORTO SEGURO

    O Natal sem Fome teve origem com o inesquecível Betinho. Em Porto Seguro, sul da Bahia, a Ação da Cidadania, em 10 anos de existência, ajudou 7.652 famílias, desde que Eduardo Jacaré trouxe para o município essa importante ação humanitária. Faça a sua parte também, participe colaborando com o Natal sem Fome e idealizando projetos de mobilização ao combate da fome.
    Quer participar também? Vem com a gente!

  • 2019

    REGGAE CONTRA A FOME

    Show dobradinha de Fauzi da Tribo de Jah e Nengo Vieira no dia 09 de fevereiro no centro de Arraial d'Ajuda. O passaporte solidário foi 2Kg de alimentos não-perecíveis. Foi incrível!

Galeria


Projetos

TODA CRIANÇA TEM O DIREITO DE LER E DE BRINCAR

Brincar é um direito garantido pela ONU e pela Constituição brasileira

O Natal sem Fome dos Sonhos busca sensibilizar o cidadão comum, agentes sociais, artistas, órgãos de governo, empresas, organizações sociais da região – a se unir em uma ação solidária e cidadã de arrecadação e distribuição de alimentos, brinquedos e livros a moradores de comunidades de baixa renda da região.

A arrecadação é uma forma lúdica de lembrar a todo cidadão a importância de promover ações que garantam o direito de toda criança de brincar e estudar. Uma nova geração sem miséria só será possível com uma educação de qualidade.